Cláudia Rodrigues, atleta da Gira Sol/Ramos Catarino, estabeleceu um novo Recorde Distrital no salto em altura, fazendo cair a anterior marca, que vigorava desde 1990. Ao transpor a fasquia a 1,77 metros garantiu, ainda, o “Bronze” nos Campeonatos de Portugal de Pista, medalha conquistada também por Carlos Tribuna, no lançamento do dardo, e pela estafeta feminina de 4×400 metros.

Foi uma dupla jornada de grande valia para os atletas da Gira Sol/Ramos Catarino, a que se disputou no Estádio Universitário de Lisboa, por ocasião dos Campeonatos de Portugal de Pista. Em prova estiveram, como é habitual, os melhores do nosso País no que ao atletismo diz respeito, incluindo os “Olímpicos” Marco Fortes, no lançamento do peso, Sara Moreira, nos 1.500 metros, e Patrícia Mamona, que conquistou recentemente a Medalha de Prata no triplo salto nos Europeus de Helsínquia – que agora venceram sem grande dificuldade as respectivas disciplinas.

Lado a lado com a elite da modalidade, os atletas da Associação de Desenvolvimento de Febres demonstraram, uma vez mais, a sua abnegação e o seu espírito de sacrifício. O saldo é bastante positivo: três Medalhas de Bronze e um Recorde Distrital para Gira Sol/Ramos Catarino. Cláudia Rodrigues esteve em destaque no salto em altura, ao transpor, pela primeira vez, a fasquia a 1,77 metros, marca que lhe valeu o terceiro lugar no concurso e a pulverização do Recorde do distrito de Coimbra, de 1,71 metros, que vigorava deste 1990. Liliana Vieira, do Benfica, e Marisa Anselmo, do Sporting, foram as duas primeiras classificadas. A saltadora da Gira Sol/Ramos Catarino viria ainda a competir no salto em comprimento, mas o desgaste da prova anterior não permitiu que fosse além da nona posição.

No lançamento do dardo de 800 gramas, Carlos Tribuna garantiu a Medalha de Bronze, com um ensaio a 62,44 metros. Os dois lugares cimeiros do pódio foram ocupados por Tiago Aperta e João Fernandes, ambos do Benfica. Nos Campeonatos de Portugal competiram, também, Cristiana Campos (4.ª no lançamento do peso de 4 quilos), Andreia Silva (4.ª nos 3.000 metros obstáculos), Sandra Silva (5.ª nos 10.000 metros marcha), Andreia Venade (6.ª no lançamento do martelo de 4 quilos), Stephane Varela (6.º no salto em altura), Isabel Areias (8.ª nos 800 metros), Bruno Abel (9.º no lançamento do martelo de 7,260 quilos), e Ana Almeida (12.ª nos 400 metros).

A participação da Gira Sol/ Ramos Catarino foi fechada “com chave de ouro”, com Rute Lopes, Isabel Areias, Cláudia Rodrigues e Ana Almeida a assegurarem mais um “Bronze”, desta vez na estafeta de 4×400 metros. O tempo de 4.01,93 ficou a escassos décimos do Recorde Regional. As três medalhas conquistadas pelos atletas da Gira Sol/Ramos Catarino reafirmam, uma vez mais, o estatuto da equipa como uma das melhores no panorama do atletismo nacional, provando que a Região Centro tem uma palavra a dizer na disputa das mais importantes provas da modalidade. | FC

Anúncios