Foi num Salão Paroquial de Febres completamente cheio que o Coro Infantil local festejou o seu segundo aniversário. Os coralistas aproveitaram a ocasião para apresentarem ao público o seu primeiro álbum, gravado no passado mês de Fevereiro. No entanto, a maior surpresa foi protagonizada pelos pais e mães dos “aniversariantes”.

Quem chegou depois das 21h00 ao Salão Paroquial de Febres já teve dificuldades em arranjar lugar numa das dezenas de cadeiras ali colocadas. O motivo da grande afluência tinha uma razão de ser: ninguém queria perder a festa do 2.º aniversário do Coro Infantil de Febres, realizada a 31 de Março.

Os elementos do coro febreen-se foram os últimos a actuar, numa noite recheada de grandes momentos musicais. Depois do espectáculo e de muitas palmas, a ensaiadora Anabela Rocha permaneceu no palco com os petizes para a sessão de lançamento do primeiro álbum do grupo. O CD foi gravado num estúdio da Gafanha da Nazaré, no passado dia 25 de Fevereiro, e pode agora ser adquirido na sede da Junta de Freguesia de Febres.

O cantar dos parabéns e a exibição de fotografias, em jeito de balanço dos dois últimos anos, foram os momentos altos do evento. Mas não foram os únicos. Minutos antes,  houve uma surpresa, tal como a organização havia prometido. Vestidos a rigor, com camisas brancas e cachecóis pretos, os pais e as mães dos “aniversariantes” subiram ao palco para interpretarem quatro temas. Na plateia, os filhos, genuinamente surpreendidos, rapidamente se renderam à iniciativa e aplaudiram, com orgulho, a prestação dos progenitores. Anabela Rocha conduziu os coralistas seniores e  enfatizou que antes da actuação só ensaiaram quatro vezes.

No 2.º aniversário do Coro Infantil de Febres participaram ainda o grupo Coral Cluny Vox (Anadia) e as conhecidas vozes de Ana Ferreira (semi-finalista de “Uma Canção Para Ti”, da TVI) e de Mariana Oliveira (finalista no concurso “Canta Comigo”, da RTP 1).

“Um marco da nossa existência”

João Moura, presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, marcou presença no Salão Paroquial e congratulou-se com a “iniciativa meritória”. Para o edil, o CD apresentado naquele dia é um “estímulo para continuar”. 

O executivo febreense também esteve presente na comemoração e Carlos Alves deixou a promessa que “a Junta vai continuar a apoiar o Coro”. O Presidente da Junta de Febres relembrou que o projecto musical contou com o apoio da autarquia “desde o primeiro dia” e, no final, sublinhou a importância da “aposta nas crianças”, pois “são o futuro”. 

Anabela Rocha, emocionada, mostrou-se “muito feliz” pela efeméride e destacou “a evolução muito grande” que o Coro registou. Relativamente ao álbum de estreia, a ensaiadora classificou-o como “um marco da nossa existência”, acrescentando que os cantores de “palmo e meio” foram “fantásticos no estúdio”. Os últimos agradecimentos dirigiram-se “aos pais, aos avós e tios” das crianças, bem como à associação Jovens Unidos de Febres, porque “onde o Coro vai, eles estão lá”.   | LM

Anúncios